Uma poltrona cor de rosa era o meu lugar favorito de leitura, quando adolescente.
Neste blog, minha nova poltrona cro de rosa, quero registrar textos que me tocaram, em dferentes fases da vida.

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Projeto Um Tesouro Chamado Livro - Mutirão Cultural





Hoje teve início o Projeto Um Tesouro Chamado Livro, atividade que se repetirá todo dia 30.
 
É um projeto do Portal do Poeta Brasileiro e da Academia Nacional de Letras do Portal do Poeta Brasileiro, ideia da acadêmica Vera Salbego , do Rio Grande do Sul. Membros do Portal e da ANLPPB espalhados pelo Brasil todo, hoje deixarão livros em locais públicos, com um bilhete explicativo, no intuito de incentivar a leitura.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Bluemaedel: Crítica na internet?! Critica pra guru vê!

Bluemaedel: Crítica na internet?! Critica pra guru vê!: Gostaria de ter mais tempo, juro, para me dedicar ao estudo de certos padrões na rede. Vejamos os casos das celebridades...

Quintextos: Textos Escolhidos - Maria Olímpia Alves de Melo

Quintextos: Textos Escolhidos - Maria Olímpia Alves de Melo: NOSSO MAIS NOVO LANÇAMENTO: Coletânea com cinco textos especiais escolhidos por Maria Olímpia Alves de Melo . E...

Autoplágio - Wilson Caritta





Plágio é muito forte
talvez recicle
ao ler do que melhor escrevo,
ser superior ao que falo
não faço
o destino do verso é morrer de presságios...



(Do livro Poemas em Autoplágio - Wilson Caritta - Editora Patuá)

sábado, 24 de agosto de 2013

Hoje é dia da Poesia - Adriane Lima

Hoje é dia da poesia
mas ela não veio me visitar
talvez esteja com outros projetos
e outros poetas para acalentar

Não quis ouvir meus desenganos
nem o que tenho para lhe contar
o branco do papel hoje é companheiro

tudo respira e sufoca
não há letras a me habitar
estou vivendo,olhando ao redor
e sentindo o peso das palavras

há poemas inteiros
e poetas incompletos

há que se buscar a poesia
nas mal traçadas línguas?
e que fiquem a míngua então
aqueles que não ousarem atravessar
os sentimentos

a palavra não precisa fazer sentido
mas o poeta sim
-desaguar não é mais necessário

poesia, estou vivendo
se quiser,volte mais tarde...


 


Adriane Lima

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Onde Moro - José Luiz Pires

Onde Moro
José Luiz Pires


Já bebi em muitas fontes,
Hoje moro onde mato a minha sede.

Provei de variados quitutes,
Hoje moro onde matam a minha fome.

Visitei diversos ninhos,
Hoje moro onde os pássaros são nativos.

Bailei embalado por vários sons,
Hoje moro onde nasce a canção.

No deserto fiz rastro na areia,
Hoje moro onde o vento não apaga minhas marcas.

Abri picada e desmatei mata virgem,
Hoje moro onde a mata refloresce a cada dia.

Viajei em muitas nuvens carregadas,
Hoje moro onde a chuva cai mansa e serena.

Enfrentei vendavais e tempestades,
Hoje moro onde a brisa paira.

Muito andei, desandei e me escondi,
Procurei calmaria em rios e mares revoltos,
Hoje moro e navego em águas rasas.

Falei e gritei aos quatro cantos,
Hoje moro onde converso com os meus “eus”.

Ouvi vozes, lamentações e promessas,
Hoje moro onde ouço o meu silêncio.

Casei com o mundo e descasei,
Hoje moro onde namoro a criação.

Sou mordomo onde moro,
Hoje moro ondo o Dono é o Criador.

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Quintextos: Poemas Para Acordar - Meu Colorido Singular

Quintextos: Poemas Para Acordar - Meu Colorido Singular: Coletânea de brincadeiras poéticas (Helena Frenzel). Ano de lançamento: 2010. Baixar PDF  ou EPUB Já le...

Quintextos: Pedras

Quintextos: Pedras: Brincadeira poética (Helena Frenzel) Ano de lançamento: 2010 Baixar PDF ou EPUB Já leu este EBook? Deix...

Quintextos: 15 Poemas+ Volume I: Ana Bailune

Quintextos: 15 Poemas+ Volume I: Ana Bailune: Coletânea com 15 poemas de Ana Bailune APRESENTAÇÃO: Celso Panza   EDIÇÃO:  Helena Frenzel Ano d...

Quintextos: Lá Vem o Sol!

Quintextos: Lá Vem o Sol!: Coletânea de brincadeiras poéticas (Helena Frenzel) Ano de lançamento: 2012 Baixar PDF  ou EPUB ou no iB...

Quintextos: 35 Poemas+ de Marli Savelli - Edição Especial

Quintextos: 35 Poemas+ de Marli Savelli - Edição Especial: Coletânea 35 Poemas+, Marli Savelli Edição e apresentação: Helena Frenzel Ano de Lançamento: 2013 Baixar ...

Encontro em Maceió



Vamos para Maceió?


segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Senhora do meu tempo! Angela Ramalho




Senhora do meu tempo!

 

 - Acabe logo com isso, ordenou em tom de ameaça.

Justo eu, que não costumo agir sob pressão! Como acabar logo, se mal estava começando? E ainda tinha outras tarefas a executar, além da crônica inacabada, cujo rascunho ficou sobre a escrivaninha.

Adiantei meu trabalho o quanto pude e ele me olhando sem paciência, insensível como todo algoz!

Quisera eu mandá-lo às favas e fazer tudo a meu bel prazer, ignorando sua existência. Anos a fio me torrando a paciência e eu ali, aguentando firme! Tá certo que nem sempre me calei. Algumas vezes reagi, taxei-o de implacável, tirano, déspota, incapaz de voltar atrás. Mas ele fazia ouvidos de mercador e continuava à minha espreita, sem dar trégua!

 - Ainda está aí? Não percebe que já está atrasada? Já são nove horas!

Haja paciência! Como não ficar estressada diante de tanta pressão? Um dia ainda digo basta e acabo com essa história! Meu instinto libertário ansiava por isso!

Numa segunda-feira daquelas brabas, eis que o dito cujo veio apitar na minha ideia! Foi demais para mim! Era ele ou eu! Estávamos no limite do suportável e diante do fim de um dos dois, que fosse ele! Não pensei duas vezes: peguei o despertador que estava sobre o criado mudo, abri a janela e o atirei longe!

Pronto! Meu objeto de tortura diária espatifou janela abaixo! Agora, posso dizer que sou senhora do meu tempo!

 

 

Angela Ramalho

Do livro De Abraços e Cheiros, Editora Scortecci